Brincadeiras |

28

outubro

2015

Educação Física – 2º Ano

Categorias: ,

Para comemorar o Mês das Crianças, a professora Neliandra realizou em suas aulas de Educação Física uma Gincana Recreativa.

Os alunos foram divididos em 3 equipes. Eles escolheram o nome de suas equipes e fizeram o grito de guerra.

  1. AMARELA (que se chamavam FÊNIX)
  2. VERMELHA (que se chamavam PIMENTA DO DRAGÃO)
  3. AZUL (que se chamavam LAGO DOS MONSTROS)

No primeiro dia de gincana, os alunos jogaram Queimada e brincadeiras com cone e bola.

Já no segundo dia de gincana, os alunos se divertiram com uma brincadeira de números, que exigiu muito raciocínio, concentração e atenção.

Assim, eles aprenderam que o mais importante não é só competir, mas também se divertir e interagir com outras pessoas.

28

outubro

2015

Educação Física – 1º Ano

Categorias: ,

Para comemorar o Mês das Crianças, a professora Neliandra realizou em suas aulas de Educação Física uma Gincana Recreativa.

Os alunos foram divididos em 3 equipes.

Eles escolheram o nome de suas equipes e fizeram o grito de guerra.

  1. AMARELA (que se chamavam SUPER AMARELO)
  2. VERMELHA (que se chamavam VERMELHO CHAMA DO DESTINO)
  3. AZUL (que se chamavam VINGADORES AZUIS)

No primeiro dia de gincana, os alunos jogaram Queimada e brincadeiras com cone e bola.

Já no segundo dia de gincana, os alunos se divertiram em uma gincana com água, com brincadeiras de espuma e copo.

Assim, eles aprenderam que o mais importante não é só competir, mas também se divertir e interagir com outras pessoas.

27

outubro

2015

Brincando de Esconde – Esconde

Categorias:

A importância do brincar na infância

Por Marcela Bianco

Quando vemos uma criança brincando muitas vezes vem em nossas mentes aquele pensamento: “Ah como era bom ser criança, não precisávamos levar nada à serio!”

Mas, brincadeira de criança pode ser algo mais complexo do que você imagina!

As brincadeiras, tanto as lúdicas quanto as educativas, têm um importante impacto para o desenvolvimento saudável e para a vida psíquica das crianças, uma vez que a ajudam a desenvolver habilidades cognitivas, físicas, sócio-afetivas e morais, além de auxiliar a estruturar suas vidas emocionais.

Ao brincar, as crianças exercitam muitas habilidades como: capacidade de expressão verbal e não verbal, linguagem, raciocínio, pensamento abstrato, representação espacial, curiosidade, criticidade, objetividade, reflexão, flexibilidade, atenção, concentração, memória, imitação, criatividade, imaginação, relacionamento intrapessoal e interpessoal, autonomia, cooperação, autoconfiança, autoestima, iniciativa e sentimentos de competência.

As brincadeiras e os jogos infantis também podem ser instrumentos facilitadores do processo de ensino-aprendizagem das crianças. Nelas as crianças aprendem, por exemplo, a contar, a classificar, a ordenar, a discriminar, a traçar estratégias, solucionar problemas, etc.Além de aprender diversas regras sociais e, a partir delas, a regular seu próprio comportamento.

Também estão relacionadas ao desenvolvimento dos sentidos (táteis, visuais, etc), da coordenação motora, da corporalidade, do movimento, do equilíbrio, da propriocepção e da imagem corporal.

Por meio das brincadeiras e de seus simbolismos, as crianças são capazes de apreender e reelaborar o universo ao seu redor. Também desenvolvem uma vida imaginária mais rica, podendo expressar e representar seus sentimentos e ideias, por meio de metáforas e da fantasia, brincando com temas próprios de sua realidade psíquica.

O brincar também pode ser uma forma da criança expressar medos, ansiedades e conflitos, na tentativa de explicitá-los e encontrar maneiras de solucioná-los e elaborá-los internamente. Assim, aprendem que podem intervir na realidade e transformá-la.

Além disso, as brincadeiras funcionam como atividade prazerosa em si mesma e que leva a satisfação e realização pessoal.

27

outubro

2015

Bolhas de sabão – Nível 2

Categorias:

Mês das Crianças

Educação Infantil é um período de experiências vivenciadas pelas crianças que irá construir conceitos, aprendizagens, valores e criatividade.

É brincando e se divertindo que as crianças aprendem a respirar…

Respirar? é preciso aprender a controlar sua respiração?

Sim!

É assim… Respirando devagar, que a criança aprendem a falar pausadamente, respirando entre as palavras, diminuindo a ansiedade e consequentemente, em período de alfabetização, irá escrever dando espaços, entonação e ritmo.

O que uma simples brincadeira de “Bolhas de Sabão” não faz na vida de uma criança, hem!